O Incrível Mimo dos Assinantes no Mês de Março/19 – Para Adoçar seus Dias!

Publicado em Tags , , , ,

Café é uma cultura perene e sua colheita acontece uma vez por ano. Ou seja, é preciso ter um cuidado enorme durante o ano todo para que o fruto se desenvolva corretamente, para que, na hora de classificar o café, ele atinja um sabor inigualável. Por este motivo, os produtores de café ficam o ano todo cuidando do manuseio da lavoura, nutrindo as plantas e dando os tratos adequados para, depois da colheita anual, os grãos extraírem aquela explosão de sabor digno de um café especial. (Neste post explicamos como funciona a cadeia de produção do café, do pé até a xícara.)

Consequência da cultura perene do café é que o produtor recebe renda uma vez no ano, apenas logo após a colheita, quando tem o produto para vender. Com esta renda, ele deve viver o ano todo e ainda pagar os custos para manter a lavoura e trabalhadores, quando é o caso.

Por isso, não é raro produtores de café que possuem outras atividades para complementar a renda nas outras épocas do ano. Como é o caso do produtor Alessandro Hervaz, responsável pelo café Príncipe de Ouro do menu Coffee and Joy 2018/2019, que mantém a atividade de apicultura, em conjunto com a produção de cafés.

No mês de março, este produtor é quem invade a caixinha dos assinantes com um mimo produzido por ele mesmo, um mel silvestre, que ajuda a complementar a renda dele, da família e das pessoas que trabalham no sítio. Veja o vídeo completo desta surpresa de março:

 

A Produção do Mel

Alessandro começou a trabalhar na apicultura 2 anos depois que começou a produzir cafés, em 1995. Os seus irmãos aprenderam no Instituto Federal a trabalhar com apicultura e levou as técnicas para onde hoje é o sítio da família.

O produtor e apicultor Alessandro hoje tem uma linha a base de mel e própolis e a atividade fornece uma renda mensal para ele e sua família.

Para trabalhar de forma sustentável com o mel, as caixas de abelha ficam em ambiente natural, próximo da lavoura de café. As duas atividades, portanto, coesxistem em perfeita harmonia e uma complementa a outra.

Caixas de abelha

As abelhas ajudam na polinização e melhoria dos grãos de café. Há quem diga que este é o segredo do Alessandro por ter nos seus cafés especiais notas recorrentes de mel nos lotes selecionados.

O sítio está localizado na região da Mantiqueira de Minas, na cidade de São Gonçalo do Sapucaí, MG, conhecida como toscana mineira, por conta do seu visual.

A abelha da região é a africanizada e por lá não tem produção em grande escala, para não esforçar a abelha a esgotar a produção e elas terem condições para se manterem.

As abelhas convivem com a casa, perto da lavoura de café e o resultado dessa harmonia toda é que hoje uma atividade já não sobrevive sem a outra.

Mel Silvestre do produtor e apicultor Alessandro Hervaz

O mel da região se destaca muito pelo sabor delicado, suave e de fácil harmonização. Ele é uma associação de um conjunto de flores: a própria flor do café, do eucalipto, da candeia, da assa-peixe, capixingui e outras espécies da região. Um produto silvestre, produzido em pequena quantidade e com muito cuidado pelo Alessandro.

No mês de março/19, todos os assinantes Coffee & Joy recebem na caixinha uma porção do mel, fruto de mais um trabalho com Produtor Alessandro. Quer harmonizar perfeitamente este mimo, experimente o mel com torradas integrais, acompanhando do café Príncipe de Ouro, coado no filtro de papel! Também harmoniza perfeitamente com queijo parmesão e drinks a base de leite e cacau.

Em março/19, todo assinante ganha um mel silvestre

Quer ter mais deste mel na sua casa:

Contatos do Alessandro Hervaz:

Instagram: @honeycoffeebrasil

Site: www.honeycoffee.com.br

>> Ainda não é assinante? Acesse aqui para descobrir um universo completamente diferente para mudar a sua forma de tomar cafés! Descubra o Coffee & Joy <<