Guia Prático Para Desvendar As Notas Sensoriais dos Cafés Especiais

Publicado em Tags , , ,

É sempre muito bom consumir alimentos que nos dão prazer. Geralmente, isso acontece com alimentos gostosos e que são de alta qualidade. Com o café não é diferente. Os cafés especiais apresentam uma doçura natural, com um sabor gostoso, com uma acidez prazerosa, com um envolvimento gostoso na nossa língua, e deixa uma vontade de tomar novamente. Essas características de doçura, sabor, acidez, corpo e finalização, tendem a vir descritas na embalagem dos cafés de melhor qualidade. Entretanto, não é todo mundo que entende o que é cada uma dessas características que são apresentadas pelos cafés especiais.

Em razão disso, o Coffee & Joy gravou um vídeo explicando o que são cada uma dessas características e como você pode começar a identificar isso também. Veja o vídeo completo a seguir.

 

Entendendo As Características

Assim como o vinho, que apresenta características únicas e notas sensoriais diferentes de acordo com a uva utilizada, o café também expressa características únicas. Essas características únicas apresentada pelo café especial só é possível quando todos os processos pelos quais o café passa são feitos de maneira exemplar. O café é uma fruta, quando essa fruta é colhida no ponto certo de maturação, tem o pós colheita feito de maneira correta, passa por um processo bem feito de benefício e re-benefício, tem a torra bem trabalhada e é embalado corretamente, o sabor apresentado na xícara será fantástico. Em seguida, nós detalhamos cada uma das características que você consegue identificar nos cafés especiais.

Aroma

O aroma é uma percepção olfativa causada pelos gases liberados do café torrado e moído. Ou seja, são os elementos perceptíveis pelo olfato. O aroma do pó seco do café pode te lembrar frutas, chocolate, flores, etc. É importante ressaltar que o nosso cérebro só consegue associar aromas que nós já sentimos, ou seja, é preciso ficar atento aos aromas que sentimos no nosso dia a dia. Além disso, esses aromas agradáveis somente são possíveis de serem sentidos nos cafés especiais. Cafés de pior qualidade terão um aroma intenso desagradável. Geralmente, por serem cafés extremamente torrados e com uma matéria prima inferior, o aroma irá te lembrar borracha queimada.

Doçura

É uma sensação gustativa percebida principalmente na ponta da língua. Quando falamos de doçura nos cafés especiais, estamos nos referindo ao adocicado característico da fruta madura, que é diferente do doce do açúcar, por exemplo. Ou seja, quando o café é colhido no ponto certo de maturação a fruta terá uma doçura natural. Fazendo um trabalho bem feito de torra, será possível sentir essa doçura na hora de tomar o seu café. Diferentemente do que acontece nos cafés tradicionais, que é necessário adicionar diversas colheres de açúcar para amenizar o amargor excessivo e conseguir tomar.

Acidez

A acidez é uma característica sensorial ou sabor básico, que normalmente se percebe na parte lateral da língua. Existem diversos tipos de acidez. Por exemplo, acidez málica que é possível de ser encontrada na maçã, acidez cítrica que é possível de ser encontrada no limão, na laranja, acidez láctica que é possível de ser encontrada em iogurtes. Entretanto, existe também acidez indesejável de ser encontrada no café. Por exemplo, acidez acética que é encontrada no vinagre.

Corpo

O corpo é a sensação de contato do líquido ingerido com a nossa língua. Também caracterizado como a percepção táctil da oleosidade, viscosidade do líquido na boca. Por exemplo, quando ingerimos água a sensação de contato do líquido com a língua é de leveza. Por outro lado, quando ingerimos um iogurte a sensação de contato do líquido com a língua é de um líquido mais denso. Ou seja, o iogurte promove a sensação tátil imediata, intensa e perceptível sem contestações. A característica de corpo é proporcionada pelos lipídios, proteínas, carboidratos, que estão presente na bebida. É importante não confundir café encorpado com café forte, que geralmente está atrelado a torra muito escura e queimada, que traz amargor e gosto defumado para bebida.

Sabor

O sabor é o resultado da associação complexa das sensações de gosto, de aroma e das sensações táteis químicas. É uma sensação causada pelos compostos químicos da bebida café quando introduzida na boca. Geralmente, o sabor é intenso e agradável nos cafés de melhor qualidade e apresenta notas que remetem a flores, chocolates, nozes, castanhas e frutas, como limão, maçã e abacaxi. Ou seja, é um sabor natural da fruta madura do café. Já os cafés aromatizados e flavorizados apresentam sabores que foram acrescentados de maneira artificial.

Finalização

A finalização, também chamada de sabor residual ou ainda de “aftertaste”, é o sabor que permanece no paladar após a ingestão da bebida. Pode ser intenso e agradável nos cafés especiais. Mais do que isso, um café especial com finalização agradável estimula a vontade de tomar mais uma xícara por ser muito prazeroso. Ou seja, uma finalização gostosa é aquela que deixa uma doçura agradável e marcante na boca.

Depois de aprender sobre tudo isso não deixe de perceber aromas, sabores, acidez, em suas experiências com comida e bebida. Nosso cérebro é muito bom em associar coisas que já vivemos. Mas para isso ser possível, temos que ter atenção para memorizar tudo. Suas percepções tendem a melhorar quando você começa a prestar atenção nessas características. A medida que você for evoluindo, vai ficar cada vez mais fácil identificar essas características boas nos cafés especiais de excelente qualidade. E também ficará mais fácil ainda perceber as características ruins dos cafés de pior qualidade! Ou seja, a tendência é você ficar com o paladar mais apurado e ficar mais seletivo nos alimentos que você ingere. Seu corpo e sua saúde agradecem!

>> Não perca a oportunidade de participar do universo incrível do Coffee & Joy. Comece agora a sua experiência <<