Diferença do Café Preparado na V60, Chemex, Prensa Francesa, Cafeteira Italiana

Publicado em Tags , , , , , , , Deixe um comentário em Diferença do Café Preparado na V60, Chemex, Prensa Francesa, Cafeteira Italiana

É possível gerar resultados diferentes na bebida final para um mesmo café utilizando diferentes métodos de preparo. Ou seja, com um mesmo grão você consegue proporcionar experiências diferentes para o seu paladar. Isso é incrível, pois utilizando um determinado método você pode tomar o café com a característica de corpo mais evidente. Ou então, se você trocar o método você pode preparar um café que apresentará a característica de acidez mais pronunciada. Quer descobrir como dar mais vida a característica que você mais aprecia no café?

Por esse motivo, para descobrir o que mais se destaca em cada método, nós aqui do Coffee & Joy, resolvemos gravar um vídeo explicando sobre as diferenças que o mesmo café terá quando preparado em diferentes métodos.

 

É importante mencionar que o grão utilizado interfere diretamente nas percepções que serão descritas. Nesse experimento foi utilizado um café da região do Alto Caparaó, que tem uma característica de acidez mais elevada (café Apollo Faraó, do menu 2018/2019 Coffee & Joy).

V60

O café filtrado no porta filtro V60 é muito limpo e delicado. A moagem adequada para esse método é uma moagem média. A proporção indicada para início de experimentação é de 10 gramas de café para cada 100 ml de água. É importante escaldar o filtro antes do preparo. Ainda, é importante também realizar a pré-infusão para garantir que o café sature e libere todo o seu potencial. Aqui nesse post explicamos com detalhes como fazer um café na V60.

O resultado é um café que possui um equilíbrio bastante interessante entre acidez e doçura. É perceptível a delicadeza da bebida que passou por um filtro de papel. Esse método é bem versátil na hora do preparo, pois é possível mudar o tempo de preparo e também a maneira como você joga a água. Essas variáveis também irão alterar o seu resultado final da sua bebida.

Entretanto, você perceberá que não importa o grão que você utilize, o resultado final sempre será um café bem limpo. A tendência desse método, com cafés que possuem um pouco de acidez, é destacar esse atributo em conjunto com a doçura.

Resultado: café com acidez destacada e equilibrada com a doçura.

Chemex

O café preparado utilizando a Chemex será extremamente delicado e também apresentará uma bebida sem resquício nenhum de pó de café. A moagem adequada para esse método é uma moagem média. Indicamos iniciar com a proporção de 10 gramas de café para cada 100 ml de água. É importante escaldar o filtro antes do preparo, isso também ajuda a aquecer o vidro do recipiente que receberá o café. Aqui nesse post explicamos com detalhes como preparar um café na Chemex.

O resultado final do café extraído será uma bebida extremamente limpa e delicada. É possível perceber isso pela coloração do café também. Outra característica que pode se destacar bastante, dependendo do grão utilizado, é a acidez. Ou seja, você terá um café com uma acidez mais evidente em relação aos outros atributos como o corpo, por exemplo.

Dessa maneira, você pode esperar sempre como resultado final um café bastante delicado e sem qualquer resquício de pó de café. Não será uma bebida extremamente encorpada, entretanto apresentará uma finalização agradável.

Resultado: café bastante delicado e com acidez destacada.

Prensa Francesa

A Prensa Francesa não utiliza filtro de papel no seu preparo. A moagem adequada para preparar o café nesse método é a grossa. Sugerimos iniciar com a proporção de 10 gramas de café para cada 100ml de água. É importante escaldar a Prensa antes de preparar. Assim, você garante que o recipiente esteja aquecido na hora de preparar o seu café. Ainda, recomendamos um tempo de infusão entre 3 a 4 minutos. Aqui nesse post explicamos com detalhes como preparar um café na Prensa Francesa.

O resultado do café será uma bebida encorpada e com bastante equilíbrio com os atributos de corpo, doçura e acidez. O café preparado com a Prensa Francesa fica em contato com a água durante um tempo, e utiliza-se um êmbolo para separar o pó de café. Por isso, a bebida resultante apresentará os óleos do café e consequentemente mais sabor na xícara.

Assim, você pode esperar um café que apresentará de maneira bastante evidente o seu corpo.

Resultado: café encorpado e equilibrado com os atributos de doçura e acidez.

Cafeteira Italiana

O café preparado utilizando a cafeteira italiana é cheio de personalidade. É importante tomar cuidado na hora de preparar o café para não queimar a bebida. Uma dica valiosa é colocar um pouco de água na superfície da cafeteira, assim o café não entrará em contato direto com a superfície metálica quente. A moagem adequada para esse método é a moagem média. Aqui nesse post explicamos com detalhes como preparar um café na cafeteira Italiana.

A cafeteira italiana é um método prático e rápido para preparar café. A bebida resultante é um café que apresentará bastante a característica de corpo. Ainda, é um café que terá uma finalização longa e prolongada no seu paladar.

Resultado: café encorpado e com uma finalização longa e persistente.
Cafeteira Italiana

Depois de entender um pouco mais sobre as diferenças do mesmo café em diferentes métodos de preparo é possível escolher com mais clareza qual método utilizar. O mais interessante é a versatilidade que o café possui, com um mesmo grão é possível obter bebidas totalmente diferentes. Assim fica fácil preparar um café que tende sempre a agradar o nosso paladar.

Prepare seu Café Especial com Estilo Utilizando a Chemex

Publicado em Tags , , , 3 comentários em Prepare seu Café Especial com Estilo Utilizando a Chemex

Preparar café é uma verdadeira arte. Tem muita química envolvida em todo o processo. A temperatura da água, a composição química da água escolhida, a proporção entre água e café, o tempo de extração praticado, tudo irá influenciar no resultado final da sua bebida. Unido a tudo isso, existem os diversos métodos que podem ser utilizados para preparar o café. A Chemex vem para deixar mais elaborada ainda a forma de preparar o café. Inventada por um químico, seu formato lembra os utensílios utilizados em laboratórios de química. O café produzido por ela é elegante e saboroso. É um utensílio moderno e prático para se ter em casa.

Por esse motivo, nós do Coffee & Joy gravamos um vídeo mostrando os detalhes sobre a Chemex e como preparar um café fantástico utilizando esse utensílio maravilhoso.

 

A Chemex

A Chemex foi inventada em 1941 por um químico chamado Peter Schlumbohm. Ao longo de sua carreira Peter desenvolveu mais de 300 patentes, desde coqueteleiras até coisas relacionadas com automóveis. Ele tinha como objetivo principal tornar os objetos de uso do dia a dia mais atraentes, funcionais e agradáveis de utilizar.

Quando Peter estava desenvolvendo a Chemex, ele queria desenvolver um utensílio que fosse simples para se preparar um café incrível, e, ao mesmo tempo, um utensílio que fosse muito bonito. Por ser uma pessoa que entendia de química, Peter tinha conhecimento sobre as reações que existem durante a extração do café.

Foi todo o conhecimento que ele possuía em química que o levou a utilizar o filtro de papel do jeito que é, com três dobras de um lado. Ainda, a escola de design Bauhaus e o conhecimento que Peter possuía em matérias de laboratório de química, o levaram a moldar a forma do vidro da Chemex da maneira que é. Ou seja, é uma peça de design desenvolvida com um material de laboratório não poroso e que não transfere nenhum sabor para a bebida.

Como preparar o seu café

Para preparar o seu café na Chemex é preciso ter atenção em alguns detalhes. Como em qualquer outro método de preparo, é necessário utilizar água de qualidade em conjunto com um café especial, para que o sabor na xícara seja extraordinário.

A água

A água é um ingrediente importante no preparo do café, ou seja, ela é responsável por mais de 90% do preparo do café. Por isso, é muito importante utilizarmos água de qualidade. Mais especificamente, prefira por água mineral ou filtrada. Evite água que contenha um gosto excessivo de cloro, pois isso irá impactar de forma negativa no resultado final da sua bebida. Outro ponto importante é sobre o aquecimento da água. Você pode sim ferver a água na hora que for preparar o seu café. Entretanto, após ferver é preciso remover a água do fogo, pois se a água ficar fervendo por muito tempo, os sais minerais existentes ali ficarão mais concentrados. Esses sais minerais concentrado irão prejudicar o resultado final do seu café. Em outras palavras, assim que a água ferver você retira ela do fogo.

Escalde o filtro

Com a água quente você irá escaldar o seu filtro de papel. Esse passo é importante para remover o gosto de papel que os filtros possuem e também para deixar o material de vidro em uma temperatura legal para receber o seu café. Ou seja, se o vidro estiver frio no momento de preparar o café, ele irá “roubar” todo o calor da sua bebida.

Proporção

A proporção entre café e água é muito importante na hora que você está preparando o seu café. Se você deseja ter um café mais concentrado, é necessário utilizar uma quantidade maior de café. Em contrapartida, se você deseja um café mais ralo, basta aumentar a quantidade de água utilizada. Uma proporção que tende a agradar a maioria dos paladares é utilizar 10 gramas de café para cada 100ml de água.

Moagem

A granulometria da moagem tem um papel muito importante na hora de extrair o seu café. Quanto mais grossa a moagem mais facilmente a água passará pelo café, entretanto ela terá mais dificuldade para extrair tudo que cada partícula de café moído tem para oferecer. Por outro lado, quanto mais fina a moagem a água terá mais dificuldades para passar pelo café. Mas, utilizando a moagem fina, o contato da água com as partículas de café é maior e, consequentemente, também será maior a extração. O segredo é escolher a moagem adequada para cada método utilizado. Na Chemex, a moagem média é um excelente ponto de partida.

Pré-infusão

A pré infusão tem como objetivo hidratar as partículas de café, já que cada uma terá um tempo de absorção diferente devido a moagem. É durante essa etapa que o café libera todos os seus aromas e sabores. Então, é importante você cobrir todo o pó com água e aguardar de 30 a 40 segundos.

Finalização

Feito todo o passo de pré-infusão você pode completar com o restante da água para finalizar o seu preparo. Despeje o restante da água fazendo movimentos circulares e constantes. Todo esse processo deve durar de 3 a 4 minutos.

Agora é só você aproveitar o café incrível que foi preparado.

>> Acesse aqui para descobrir um universo completamente diferente para mudar a sua forma de tomar cafés! Descubra o Coffee & Joy <<