Qual a Melhor Harmonização para o Café Especial – Como Combinar Sabores

Publicado em Tags , , ,

Café especial é uma bebida tão rica em sabor que é possível harmonizar com vários tipos de alimentos salgados e sobremesas. Isso porque o café especial apresenta notas sensoriais diversas, de acordo com a região que foi plantado e todo o tratamento que ele passou depois da colheita. 

A harmonização entre bebida e alimento é muito famosa quando o assunto é vinho. Mas hoje vamos te mostrar como é possível combinar alimentos do dia a dia com o seu café especial, realçando as suas qualidades e criando um equilíbrio entre os sabores.

Antes de tudo, vale ressaltar que existem dois tipos principais de harmonização: a por similaridade e por contraste. E as notas sensoriais e o perfil de torra dos cafés especiais vão influenciar diretamente no tipo de harmonização desejada.

A harmonização por similaridade é a que se usa alimentos marcantes com cafés marcantes ou alimentos suaves com cafés suaves. Já na harmonização por contraste, usa-se o café com mais acidez para alimentos gordurosos ou um café doce para pratos salgados.

Abaixo listamos alguns exemplos para você entender melhor. Em cada exemplo, listamos dois cafés da nossa assinatura que combinam com cada alimento.

 Café & Queijo 

Existe dupla melhor do que café com queijo? Somos suspeitos em falar, pois aqui na coffee&joy somos quase todos mineiros! A harmonização de café com queijo é uma das mais famosas. Isso acontece porque o sabor salgado do queijo gera um equilíbrio na acidez de alguns cafés e resulta em uma harmonização incrível.

Para começar, recomendamos queijos mais salgados, como o queijo parmesão, pecorino, minas, grana padano, provolone com cafés mais intensos.

Esses cafés possuem um perfil de torra mais desenvolvido, onde normalmente apresentam notas de chocolate, castanhas, etc. Para esta harmonização, indicamos os cafés João de Barro e Paraíso Canastra.

Se você gosta de queijos mais suaves, como o queijo gouda, edam, coalho, mascarpone, cheddar, prato, pode apostar em cafés mais suaves também, aplicando a harmonização por similaridade. Para essa combinação, indicamos cafés com perfis de torra média clara: Copacabana e Bossa Nova.

Café & Chocolate

Primeiramente, deve-se ficar atento ao tipo de chocolate que vai ser harmonizado. Para o chocolate amargo ou meio amargo, é indicada uma harmonização por contraste: aposte em cafés que têm uma doçura mais acentuada, para que estabeleça um equilíbrio entre o amargo e o doce. Para esta harmonização, indicamos os cafés Raio-de-Sol e Terracota.

Para combinar um chocolate bem doce, como o chocolate branco ou ao leite, também é indicado usar uma harmonização por contraste. O indicado é o uso de cafés mais intensos e com torras mais desenvolvidas, como o café Recanto do Ipê e o Samba.

Essas dicas são super importantes na hora de combinar café especial com alimentos que têm uma doçura acentuada como cookies, bolos, paçoca, brownie, donuts, tortas doces, pudim e até sorvete. Clique aqui e aprenda a fazer uma sobremesa deliciosa de sorvete com café.

Ao usar o café como ingrediente em receitas, é interessante utilizar a harmonização por similaridade. Por exemplo, ao fazer calda de café para um bolo de cenoura ou o famoso tiramisù, os quais você quer ressaltar bastante o sabor café para depois contrastar com outros elementos doces, é bom usar cafés bem intensos também. Aposte em cafés com torras escuras e notas de chocolate, amêndoas e nozes, como o café Recanto do Ipê e o Samba.

Café & Frutas

A harmonização não serve apenas para alimentos, também conseguimos harmonizar o café com outros tipos de bebida. Aqui na coffee&joy nós sempre criamos receitas inusitadas com café e a harmonização fica incrível.

Para a harmonização de café com receitas que levam suco de frutas, usamos as características da acidez. Clique aqui e veja uma receita de gin com café e limão.

A tangerina, o limão e a laranja são bem comuns nas receitas de Cold Brew. Essa é uma harmonização por similaridade, onde combinamos frutas para ressaltar ainda mais a acidez e o lado cítrico de cafés que também possuem essas características. Para essa harmonização, indicamos os cafés Sicília e Pink Lemonade. Veja aqui uma receita de drink de gin, café e tangerina.

Frutas como a banana, o coco e o cacau também harmonizam muito bem com o café especial. Como essas frutas são mais doces, usamos um café que consegue equilibrar essa doçura. Para isso, a harmonização por contraste é bem-vinda, com cafés mais intensos com notas de chocolate, amêndoas e nozes. Indicamos os cafés Pampa e Talismã.

Agora é a sua vez de testar essas harmonizações em casa. Preste muita atenção nos sabores e combinações entre o café e os alimentos. Não se preocupe se logo de início você não perceber, com o tempo você conseguirá identificar facilmente o contraste dos sabores.

Bons cafés e boas harmonizações!

Como Usar o Moedor elétrico Cadence Di Grano – Porque Moer o Café na Hora é Melhor?

Publicado em Tags , , , ,

A compra de um moedor é um passo muito importante para quem está em busca de melhorar sua experiência na hora de tomar seu café diário. O cheiro do café com uma torra fresquinha e recém moído invadindo a cozinha é uma sensação incrível e é uma ótima forma de começar o dia.  Nós testamos o moedor elétrico Cadence Di Grano para mostrar como ter uma moagem boa em casa e porque moer o café na hora faz toda diferença.

Logo após a moagem do café, o processo de oxidação é iniciado e, com isso, boa parte dos aromas e sabores do café já começam a se perder. O grão de café inteiro funciona como uma cápsula natural para esses aromas e a quebra dessa proteção, que acontece quando mói o grão, é o pontapé para a oxidação. 

Um café já oxidado ou envelhecido (que torrou ou já moeu a muito tempo) perdeu muito dos sabores e aromas que poderiam nos proporcionar, o que pode resultar em alguns casos em uma bebida com gosto desagradável e rançoso se esse tempo for muito longo. O ideal é consumir cafés especiais que foram torrados sempre num período de 3 meses. Se ele já estiver moído, desde que seja bem preservado em uma embalagem lacrada, longe da luz e fora da geladeira, este tempo diminui para 1 mês.

Investir em moedor é um ótimo jeito de melhorar o café que tomamos em casa e garantir que ele estará sempre fresco e com suas características sensoriais preservadas. Sem falar na qualidade. Ao comprar cafés em grãos, você garante que dentro do pacote só tem café puro, sem misturas e impurezas.

Para isso, os moedores de café elétricos são uma ótima escolha para quem busca praticidade na hora preparar sua bebida cafeinada e com bom custo benefício. Preparamos um review sobre o moedor de Di Grano da Cadence, dando dicas detalhadas para utilização e limpeza do aparelho. E aí, prontos para conhecer mais sobre o universo dos moedores?

Sobre o moedor

O moedor Di Grano foi desenvolvido pela marca Cadence, que produz diversos aparelhos para uso doméstico, como chaleiras elétricas, liquidificadores e etc.

É um modelo portátil e compacto, o que o torna ideal para uso doméstico. Sua utilização é muito prática e para obter um bom resultado durante a moagem é recomendado moer pequenas quantidades de café por vez, isso deixará a moagem o mais regular possível.

Características

  • Possui lâminas em formato de hélices em aço inox.
  • Possui a capacidade de moer até 45g de café. 
  • O equipamento conta com um dispositivo de segurança e não funciona caso a tampa esteja aberta ou desencaixada.
  • Botão “Liga/Desliga”.
  • Espaço para enrolar o fio na base.
  • Corpo em aço inox com pintura metalizada.
  • Potência 150 W.
  • Tampa transparente que ajuda a visualizar os grãos durante a moagem.

Modo de uso

  1. Coloque o aparelho em uma superfície plana, lisa e estável.
  2. Pese o café em grão, opte por um café com a torra recente.
  3. Coloque os grãos no depósito do moedor e encaixe a tampa corretamente. O moedor só funciona se estiver com a tampa bem encaixada.
  4. Ligue o equipamento na tomada.
  5. Pressione o botão liga/desliga pelo tempo até obter a granulometria desejada.
  6. Chacoalhe levemente enquanto mói, com movimentos sutis para cima e para baixo, para homogeneizar a moagem. 
  7. Solte o botão pulsar para interromper o processo.
  8. Desconecte o plugue da tomada, retire a tampa e despeje o café moído dentro do seu método de preparo.

Obs: Antes de retirar a tampa, certifique-se que as lâminas estejam completamente paradas.

Veja aqui o vídeo de como usar o moedor:

 

Ajuste de moagem por tempo

O ajuste de moagem do moedor Cadence Di Grano é feito por tempo, ou seja, quanto maior o tempo, menor será o tamanho da partícula de café. Após testes feitos aqui na coffee&joy, recomendamos a utilização dos tempos para um resultado satisfatório em sua moagem.

Para moer cerca de 20g de café especial (2 colheres de sopa cheias), o tempo foi:

Moagem fina:

Para obter uma moagem fina pressione por 25 segundos e chacoalhe o moedor levemente para cima e para baixo para deixar a moagem mais homogênea. 

Moagem média:

Para uma granulometria média, pressione por 15 segundos e chacoalhe o moedor levemente para cima e para baixo para deixar a moagem mais homogênea.

Moagem grossa:

Para uma espessura grossa pressione por 8 segundos e chacoalhe o moedor levemente para cima e para baixo para deixar a moagem mais homogênea.

Obs: Não é aconselhado seu uso por mais de 30 segundos ininterruptamente.

Durante esses testes foi necessário chacoalhar o moedor durante a moagem para ajudar a uniformizar as partículas.

Quer começar a moer seu café em casa? Compre já o seu moedor.

Guia de moagem

O tamanho da moagem tem um papel muito importante na hora de preparar café, pois uma moagem incorreta pode atrapalhar na extração e trazer sabores indesejados para a xícara.

No geral, utilizamos a moagem grossa para métodos de preparo onde o café ficará mais tempo em contato com a água e conseguirá extrair todos os compostos. Chamamos estes de métodos de imersão, como é o caso da Prensa Francesa e Cold Brew, que chega a ficar em imersão por até 24h.

Caso utilize uma moagem muito grossa no coador de pano ou filtro de papel, a água passará pelo café muito rápido e, assim, terá dificuldade para extrair tudo o que o grão pode oferecer, resultando em um café com sabor mais fraco e sem doçura. Já com uma moagem muito fina, a água terá muita dificuldade para passar pelo café moído e vai extrair sabores indesejados, e terá como resultado uma bebida com  um sabor muito amargo e desagradável para alguns paladares.

A moagem média é mais utilizada em métodos de preparo por gravidade, onde a água vai precisar passar pelo café moído para extrair todos os sabores do café, como é o caso do coador de pano, Hario V60 e filtro de papel. No geral, a moagem média é um bom ponto de partida, pois com ela teremos um equilíbrio entre os sabores do café.

É importante lembrar que a moagem fina, média e grossa são pontos de partida para realização uma boa extração, mas elas podem sofrer alterações de acordo com a receita e variáveis que podem surgir na hora de preparar seu café, como temperatura da água, grau e tempo de torra e método utilizado no preparo.

Não tenha medo de explorar receitas e descobrir novas experiências através do café.

Para saber um pouco mais sobre a importância da granulometria correta na hora de preparar seu café e qual moagem usar para qual método de preparo, confira nosso post sobre moagens aqui.

Sobre como fazer café em casa, nesta página aqui temos vários posts e vídeos, com o dossiê completo de como fazer café usando vários equipamentos diferentes, inclusive dicas de moagens e de limpeza.

Prós e Contras do Moedor Cadence

Vantagens:

  • Baixo investimento.
  • Design clean.
  • Praticidade e velocidade para moer o café.
  • Ótimo para o uso doméstico.
  • Compacto e fácil de guardar.
  • Fácil para limpar.

Desvantagens:

  • Não possui precisão e uniformidade na moagem como os moedores de discos.
  • Para quem faz muito café, mói pouca quantidade e, por isso, tem que dividir em várias levas de moagens.
  • Cor única.

Cuidados com o equipamento

Sua lâmina e corpo são feitos de aço inox.  Durante o seu uso, partículas de café podem grudar no equipamento. Para limpar, utilize papel toalha e um pincel de cerdas macias para retirar os resíduos de café.

Atenção

  • Leia o manual de instruções com atenção antes de utilizar seu moedor.
  • Antes de ligar o aparelho, verifique se a tensão da energia está correta.
  • Para moer uma quantidade grande de café,  opte por fazer a divisão do peso, para facilitar o processo de moagem.
  • Utilize apenas café em grãos para não danificar o produto, confira se não há impurezas e evite usar para outros alimentos para não alterar o sabor do café.
  • Coloque seu aparelho somente sobre superfícies planas, firmes, limpas e secas.
  • Não deixe o moedor próximo de superfícies quentes.
  • Após o uso, retire o equipamento da tomada.
  • Não toque no moedor com as mãos molhadas ou úmidas.
  • Não puxe o fio elétrico ou aparelho para desconectar da tomada.
  • Não ligue o produto em tomadas elétricas sobrecarregadas com outros produtos elétricos em funcionamento. 
  • Conecte o plugue na tomada somente quando o moedor estiver montado e com a tampa no lugar.
  • Antes de remover a tampa, desconecte o plugue da tomada e certifique-se que a lâmina tenha parado de girar.

Limpeza  e cuidado:

  • Desligue o equipamento da tomada antes de iniciar a limpeza.
  • Utilize um pincel de cerdas macias e papel toalha para a limpeza.
  • Não lave o equipamento, pois isso irá danificar o motor.
  • Não expor ao fogo.
  • Manusear com cuidado.
  • Caso o fio elétrico seja danificado, ele deve ser substituído por outro em uma assistência técnica autorizada.
  • Caso ocorra o bloqueio do motor pelo pó de café, retire o equipamento da tomada e espere desligar completamente. Gire a hélice com cuidado para liberar a passagem.

E aí, qual a sua opinião sobre o moedor elétrico Di Grano da Cadence? Gostou deste post e quer ver o nosso review sobre outros moedores? Mande suas dúvidas no Instagram ou envie um contato no site. 

 

Receita de Café com Leite e Doce de Leite

Publicado em Tags , Deixe um comentário em Receita de Café com Leite e Doce de Leite

Tem dias que merecem um café da manhã bem diferente, não é?  Por isso, a gente preparou essa receita de café com leite e doce de leite para fazer nas manhãs especiais com a família. Ela é bem simples e fácil para que você possa se surpreender em qualquer dia que você quiser transformar em um dia especial.

Para esta receita, nós usamos leite vegetal, mas você pode substituir por leite integral ou qualquer outro do seu gosto. Vale o teste!

O café, usamos um mais intenso, com notas doces. Sempre de qualidade especial. Acesse aqui para conhecer cafés de origem que são entregues na sua casa, onde estiver.

Essa receita é tão fácil, que no final do post, tem um tutorial super rapidinho ensinando a fazer esse drink muito gostoso.

Ingredientes

– 1 colher de sopa de doce de leite

– 1 dose (50ml) de café coffee&joy já pronto

– 1 copo (100ml) de leite quente (pode ser o vegetal)

Como preparar

Faça o seu café na hora, como de costume. Aqui tem várias dicas de como preparar café em casa.

Em uma xícara, coloque uma parte do doce de leite por dentro, espalhando por toda parece interna da xícara.

Adicione o café quente por cima do doce de leite. Depois, adicione o leite quente, mirando no canto da xícara, para que se misture com o café.

Por fim, adicione um pouco do doce de leite nas bordas da xícara, com a ajuda de uma colher.

Neste vídeo, tem um tutorial bem rapidinho de como fazer esta receita prática e rápida.

Enjoy!

Receita de Torta para o Natal com Macadâmia, Caramelo de Café e massa de Granola

Publicado em Tags , , Deixe um comentário em Receita de Torta para o Natal com Macadâmia, Caramelo de Café e massa de Granola

Buscando uma sobremesa perfeita para o Natal? Nós preparamos uma torta muito gostosa de macadâmia, caramelo de café e massa de granola.  Só de imaginar já dá água na boca…

Essa torta foi criada com os ingredientes inspirados nas notas sensoriais do nosso café Talismã.  Usamos macadâmia, tâmara, maçã e, claro, o próprio café Talismã. O resultado foi surpreendente e não tem hora melhor do que o Natal para testar e compartilhar com a família! 

É uma receita diferente para sair do comum. A junção entre o caramelo de café e a crocância da macadâmia é uma experiência sensorial única. 

Veja a receita completa:

 

Ingredientes da massa:

  • 250 gramas de granola com maçã
  • 70 gramas de manteiga derretida ou 1 colher de sopa de óleo de coco
  • 60 gramas de tâmaras picadas
  • 50 ml de calda de açúcar mascavo ou melado de cana
  • Uma pitada de sal

Modo de preparo massa:

  1. Em um liquidificador, mixer ou processador adicione a granola e bata até formar uma farofa.
  2. Adicione a manteiga derretida, as tâmaras picadas, a calda de açúcar e o sal. Bata tudo até formar uma farofa mais úmida.
  3. Transfira para forma redonda e com fundo removível, espalhe a massa com cuidado pelo fundo e laterais da forma e leve para geladeira por no mínimo 30 minutos. Lembre-se de colocar um papel manteiga no fundo se sua forma não for antiaderente.
  4. Pré aqueça o forno a 180ºC – 200ºC.
  5. Retire a massa da geladeira e leve ao forno por 25 minutos. Após esse tempo, retire a massa do forno e deixe esfriar bem.

Durante o tempo em massa está na geladeira e depois no forno, você pode fazer o delicioso recheio de macadâmia, caramelo de café e a ganache.

 

Ingredientes do Caramelo de Café:

  • 150 gramas de açúcar
  • 100 ml de café bem concentrado, nesta receita utilizamos o café Talismã
  • 10 gotas de limão
  • 115 ml de creme de leite
  • 10 gramas de manteiga gelada

Modo de Preparo:

  1. Prepare o café no seu método preferido, aqui usamos o café Talismã feito na Prensa Francesa. Mas lembre-se de usar a proporção que indicamos na receita: 20g de café para 120ml de água. Após o preparo do café, reserve.
  2. Em uma panela, adicione o açúcar, as gotas de limão e o café. Mexa para dissolver o açúcar e leve ao fogo (chama baixa/média) até engrossar. Para não cristalizar a mistura, com um auxílio de um pincel passe um pouco de água na lateral da panela de tempos em tempos.
  3. Quando o caramelo começar a engrossar, retire do fogo e acrescente o creme de leite aquecido, misture e volte a panela ao fogo baixo. 
  4. Deixe o caramelo reduzir por 5 minutos e desligue o fogo. Coloque a manteiga, misture e deixe esfriar.

 

Ingredientes do Creme de Macadâmia:

  • 50 gramas de Macadâmia picada e tostada. Você pode tostar ela em casa, em uma frigideira antiaderente
  • 150 gramas de creme de leite
  • 40 gramas de açúcar ou leite condensado
  • 20 ml de leite
  • Uma pitada de sal

Modo de Preparo:

  1. Em uma panela, adicione os ingredientes e leve ao fogo médio até engrossar, lembre-se de mexer com uma colher para não agarrar no fundo.
  2. Quando começar a soltar do fundo da panela, retire do fogo e transfira para uma travessa ou prato e deixe esfriar.

 

Ingredientes da Ganache de Chocolate:

  • 90 gramas de Chocolate Meio Amargo
  • 50 ml de creme de leite

Modo de Preparo:

Derreta o chocolate no microondas ou em banho maria. Adicione o creme de leite aos poucos, até incorporar no chocolate e ele ficar com aspecto brilhante

 

Montagem da Torta

Para montagem da sua torta, coloque o creme de macadâmia sobre a massa e logo em seguida adicione o caramelo e por último a ganache de chocolate.

E a decoração fica por sua conta. Em nosso caso, utilizamos nibs de cacau para deixar nossa torta ainda mais gostosa.

Obs: Caso queira, pode dividir a massa e os recheios em pequenas porções individuais e preparar mini tortinhas.

Enjoy!

Receita de Máscara Facial Com Borra de Café – o Skincare Caseiro Mais Rápido e Eficiente que Você vai Fazer

Publicado em Tags , , , Deixe um comentário em Receita de Máscara Facial Com Borra de Café – o Skincare Caseiro Mais Rápido e Eficiente que Você vai Fazer

O café é um alimento tão completo que pode ser usado para várias coisas, inclusive para a saúde da pele. Para mostrar isso, convidamos a Ju Lins (@julins00) que é nossa assinante e expert em dicas de beleza, para compartilhar uma receita fácil e eficaz de máscara facial feita com a borra do café. 

Depois de enfrentar os desafios de ficar em casa durante a pandemia, a Ju Lins aproveitou este tempo para compartilhar com as pessoas dicas práticas de beleza para o dia-a-dia. Com o acompanhamento da sua dermatologista, a Dra. Luciana Calazans, ela criou uma receita para reaproveitar os benefícios da borra de café que sobra todo dia. 

Nós já ensinamos como usar a borra nas plantas como adubo ou repelente neste post aqui. Agora vamos explorar os benefícios do café na nossa pele e deixar ela bem linda e saudável. Assista ao vídeo ou continue lendo para ver a receita completa.

 

Para chegar na mistura perfeita, a Ju e a a Dra. Luciana Calazans buscaram formas de juntar todos os benefícios que o café tem para a nossa pele com outros ativos para potencializar o nosso “skincare” com café! 🙂

A cafeína da borra de café ativa a circulação do sangue na pele, promovendo a renovação celular. Além disso, ela também tem ação clareadora. Sem falar que o café é rico em antioxidantes e pode ajudar na saúde geral da pele.

É importante usar cafés naturais, sem adições e de qualidade. Se tiver em dúvida em qual café usar, escolha café especial, sempre. Aqui você encontra algumas opções para pedir para entregar na sua casa.

A albumina encontrada na clara do ovo promove a elasticidade da pele e ativa o colágeno. Essa proteína também tem propriedade adstringente e ajuda no controle da oleosidade da pele. Isso torna uma máscara aliada para o verão, quando a nossa pele tende a ficar mais oleosa e podem aparecer cravos e espinhas.

Na busca por um óleo que complementasse todos esses ingredientes, a Ju encontrou o óleo de rosa mosqueta puro. Ele não entope os poros e tem ação antibacteriana e anti-inflamatória.

 

Vamos à receita!

Ingredientes:

  • Claras de 2 ovos batidas em neve;
  • 2 colheres de borra de café;
  • 10 gotas de óleo de rosa mosqueta puro.

Como preparar:

Em uma tigela, adicione a clara de ovos, as 2 colheres de borra de café e as 10 gotas do óleo. 

O grande segredo é misturar os ingredientes com muita delicadeza. 

Para misturar, você pode usar um fouet ou uma colher. Mas lembre-se: misture os ingredientes lentamente. O objetivo é deixar a mistura com uma textura de pasta cremosa. 

Quando estiver parecendo um “creme esfoliante”… está pronto!

 

Aplicação:

Com o rosto limpo e seco, aplique em movimentos leves e circulares com a ajuda de uma espátula ou com as mãos. 

*É bem importante aplicar em movimentos delicados e circulares para fazer uma leve esfoliação! De acordo com a Dra. Luciana Calazans, a própria junção desses ingredientes já é esfoliante por si só, sem precisar colocar muita força.

Atenção: caso você tenha a pele sensível, apenas aplique com uma espátula ou com as mãos, sem fazer os movimentos circulares. Não se preocupe com a esfoliação, pois os próprios ingredientes já promovem a limpeza dos poros.

A medida que a máscara for secando, você vai sentir uma leve repuxada. Isso é o efeito normal da clara de ovo agindo na pele.

Deixe a máscara agir por 10 minutos. Depois enxague com água corrente. (não é necessário o uso de sabão).

Você vai sentir os efeitos imediatos desta máscara.

Faça esta máscara apenas 1 vez por semana. Se a sua pele for sensível, repita a 15 dias.

Affogato: receita da Sobremesa de Café com Sorvete

Publicado em Tags , , Deixe um comentário em Affogato: receita da Sobremesa de Café com Sorvete

O Affogato é a sobremesa ideal para quem, assim como a gente, sempre procura por sobremesas práticas e gostosas. Seja em um almoço de família ou um jantar com os amigos, é sempre bom mostrar receitas diferentes e impressionar com a nossa criatividade. Além de ser muito saboroso, o affogato é mais fácil do que você imagina.

Essa sobremesa gostosa é tipicamente italiana. Por ser muito fácil, ela ganha variações pelo mundo afora. Mas hoje você vai aprender a fazer o affogato clássico. Continue lendo para descobrir todas as dicas de como fazer uma sobremesa de café com sorvete e virar assunto na mesa de jantar!

 

O café

Para preparar o affogato tradicional, usa-se uma dose de café espresso. Caso você não tenha máquina de espresso caseira, não se preocupe. Você pode fazer um café na cafeteira italiana (o que fica muito intenso) ou preparar um café coado normal. A única recomendação se for fazer no filtro normal é usar uma proporção mais intensa: coloque mais pó de café do que o normal.

Aqui têm as dicas completas de como fazer café em casa.

 

O sorvete

O affogato tradicional leva uma bola de sorvete de creme ou baunilha. Mas isso não é regra; você pode usar a criatividade e testar com outros sabores de sorvete.

 

Como preparar:

Em uma taça de sorvete ou xícara, coloque uma bola de sorvete.

 

Depois é só colocar uma dose de 30 a 50 ml de café quente em cima do sorvete! Lembre-se que fica mais gostoso se for um café mais intenso.

 

Agora é só aproveitar e se deliciar com essa sobremesa tão simples e diferente! Compartilhe com a gente o seu affogato, marcando a @coffee_and_joy nas suas redes sociais e contando pra gente o que você achou.⁣

>> Quer o café perfeito para o seu affogato? Encontre aqui cafés especiais que vão deixar suas sobremesas ainda mais gostosas. <<

Receita Cremosa de Café com Leite de Coco, Cacau e Chocolate

Publicado em Tags , , Deixe um comentário em Receita Cremosa de Café com Leite de Coco, Cacau e Chocolate

Quem não gosta de experimentar drinks diferentes? Ainda mais quando usamos ingredientes que já temos em casa. Aqui na coffee&joy nós sempre testamos receitas com misturas inusitadas e preparamos desta vez um drink de café, cacau em pó, leite de coco e chocolate!

Este drink é uma mistura de sensações: o sabor incomparável do café especial mais a cremosidade do leite de coco e chocolate. É uma opção perfeita para os frios e um ótimo acompanhamento para maratonar a sua série favorita.

O drink de café com leite de coco, cacau e chocolate é perfeito para você que gosta de drinks incríveis de cafeteria. Você pode usar café espresso, coado normal ou da forma que preferir. É uma receita rápida mas cheia de sabor e com uma cremosidade sem igual.

Vamos lá?

 

Você vai precisar de:

  • 200 ml de café coffee&joy já pronto (nós usamos o café espresso canastra: perfeito para este drink, por conta das suas notas de bala de leite);⁣
  • 2 colheres bem cheias de leite em pó;⁣
  • 1 colher de café de cacau;⁣
  • 1 colher de sopa de leite de coco;⁣
  • 1 colher de ganache de chocolate ou chocolate derretido;⁣

⁣Modo de preparo:

Em um copo, passe uma colher de ganache de chocolate ou chocolate derretido na parte de dentro do vidro.⁣

Bata com um mixer ou no liquidificador: o café, o leite em pó, o cacau e depois adicione no copo com a ganache ou chocolate.⁣

Adicione o leite de coco.⁣

Decore a borda com copo com o ganache de chocolate ou chocolate derretido.⁣

Sirva em seguida!⁣

Obs.: caso queira transformar a sua receita em um drink gelado, adicione muito gelo e aproveite. Ou se preferir, prepare o café no modo cold brew para ficar ainda melhor. Veja aqui como preparar um cold brew.

Enjoy!

7 Formas de Reutilizar as Embalagens de Café

Publicado em Tags , , , , Deixe um comentário em 7 Formas de Reutilizar as Embalagens de Café

Aqui na coffee&joy nós sempre buscamos alternativas sustentáveis para o nosso dia a dia. Acreditamos que podemos fazer a diferença a partir de pequenas escolhas de como consumimos e reutilizamos alguns objetos. Reutilizar as embalagens de café é uma pequena atitude que pode ser feita em casa e gera um grande impacto positivo.

Ao longo dos anos, nós recebemos fotos dos nossos assinantes reutilizando as nossas embalagens de café. Ficamos encantados com as ideias e decidimos compartilhar algumas formas (incríveis) de como reutilizar os pacotes de café e deixar o planeta mais feliz.

Assista aqui ao vídeo mostrando como reutilizar a embalagem de café ou, se preferir, continue lendo o post.

 

As nossas embalagens foram feitas com muito carinho e qualidade para armazenar da melhor forma os nossos cafés especiais. Elas foram desenvolvidas com tecnologia para segurar e manter todas as propriedades sensoriais do café, para que ele dure por mais tempo e evite a oxidação.

Os nossos pacotes branquinhos, carregam não só cafés fantásticos, mas também muitas histórias pelo Brasil. Por serem muito resistentes, você pode lavá-las com água e sabão para começar a reutilizar no seu dia a dia, pois o lixo não deveria ser o fim dela, concorda?

1. Leve seu lanche na bolsa com segurança

Uma das primeiras formas de reutilizar o seu pacotinho de café é como um recipiente para guardar outros tipos de alimentos. O zíper na borda das embalagens ajuda a manter tudo fresquinho, pronto para armazenar biscoitos e outros mantimentos. Depois, é só colocar na mochila ou onde quiser, para acompanhar o seu dia.

 

2. Guarde sanduíches

Sabe aquele sanduíche perfeito para a hora do lanche? Você pode usar a embalagem de café para guardá-lo e manter ele fresquinho, pronto para ser levado com você para qualquer lugar. Feche bem o zíper da embalagem, para evitar oxidação e pronto! Pode levar seu sanduíche com segurança.

 

3. Leve para Comprar no seu Empório a Granel

Outra dica legal é usar o seu pacotinho para comprar alimentos a granel; economizando em embalagens e ajudando o nosso planeta ao mesmo tempo! Depois de lavar ela e deixá-la bem sequinha, leve o seu pacotinho de café junto com você na próxima vez que for comprar e pesar o seus alimentos. Isso vai te ajudar a economizar e também já marca um ponto para o planeta!

 

4. Faça seu Próprio Cachepot

A nossa embalagem de café também pode se transformar em um cachepô fofíssimo! Basta recortar o zíper da parte de cima e dobrar até o tamanho ideal para encaixar na sua plantinha. Pode deixar a parte externa de fora para dar um charme no cachepot ou então dobre para dentro se preferir sem a borda prata.

 

5. Use como porta objetos e organizador

Outra forma de reutilizá-la é como um porta objetos. Basta seguir os mesmos passos para transformá-la em um porta objetos e armazenar utensílios de cozinha, canetas, chaves e outros objetos que desejar. Ele tem uma base estruturada, que fica em pé em uma superfície plana. O legal aqui é que você pode deixar ele do tamanho que quiser, só dobrar a embalagem na medida certa para os seus objetos.

>>acesse aqui para melhorar a sua forma de tomar café em casa ou no trabalho<<

 

6. Transforme em um vaso de planta

Você também pode usar ela como o próprio recipiente para a sua planta. Por ser muito resistente, a nossa embalagem não corre o risco de rasgar fácil e por isso, funciona muito bem para você transformá-la em um vaso! Basta recortar o zíper da parte de cima e dobrar até o tamanho que preferir. Depois é só colocar água ou terra e posicionar a sua plantinha!

 

7. Charmoso peso de porta

O seu pacotinho de café pode te ajudar a resolver o problema das portas que ficam batendo na sua casa por causa do vento… Transforme ele em um pesinho de porta! É só colocar dentro dele areia , pedras ou outro tipo de peso que segure a sua porta. Ele fica em pé e não vai deixar o vento bater mais as portas de casa.

Essas foram algumas formas de como dar outra vida para a sua embalagem de café. É muito gratificante ver os nossos assinantes contribuindo para um planeta mais sustentável, a partir de pequenas ações no dia a dia de cada um. Você tem mais alguma ideia de como reutilizar a sua embalagem de café? Deixe aí nos comentários, poste e marque a @coffee_and_joy nas sua redes sociais. Será um prazer ver os nossos pacotinhos ganhando outra vida no seu cotidiano.

 

Receita de Brigadeiro de Café Com Cacau – Para Comer de Colher

Publicado em Tags , , , Deixe um comentário em Receita de Brigadeiro de Café Com Cacau – Para Comer de Colher

O brigadeiro é um dos doces mais práticos e gostosos da culinária brasileira. Mas você já provou o brigadeiro de café? Ele tem a doçura do tradicional doce com a marcante característica de café especial. E é garantido: o brigadeiro de café com cacau vai te surpreender no sabor.

Podemos dizer que o brigadeiro é um patrimônio culinário e afetivo de todo brasileiro, já que provavelmente você deve ter algumas recordações envolvendo esse doce delicioso.  Ele já marcou presença em festas de aniversários, em reunião de amigos e também na maratona da sua série favorita.

Na coffee&joy, amamos um doce e não perdemos a oportunidade de compartilhar nossas receitas. Dessa vez, preparamos um brigadeiro de colher bem cafeinado e cremoso para que você fazer em casa.

Vamos lá?

Você vai precisar de:

  • Uma lata de leite condensado
  • Uma colher de sopa de cacau em pó (usamos o da Adoleta Chocolates)
  • 100ml de um café especial já pronto e bem concentrado. Usamos o café Espresso Canastra para preparar o café, utilizando uma proporção de 20g (2 colheres de sopa cheias) de pó de café para 120ml de água)
  • Meia lata de creme de leite

 

Modo de preparo:

  1. Prepare o café especial no seu método preferido, aqui usamos a Prensa Francesa, mas pode fazer no filtro ou da forma que tiver em casa. O importante é que na hora de preparar, você use a proporção que indicamos na receita: 20g (2 colheres de sopa cheias) de café para 120ml de água (1 copo americano até a marca). Veja como preparar café no método que você tem em casa aqui.
  2. Dissolva o cacau em pó no café quente.
  3. Em uma panela, adicione o leite condensado e a mistura do cacau e o café. Mexa até incorporar os ingredientes e depois acenda o fogão com chama média. 
  4. Mexa o tempo todo, para que não queime nem grude no fundo na panela.
  5. Após ver que todos os ingredientes estão bem misturados, adicione o creme de leite. Isso vai deixar seu brigadeiro mais cremoso e brilhante.
  6. Continue mexendo para incorporar tudo.
  7. O pronto desse brigadeiro de café é o para comer de colher. Ele está pronto quando, ao colocar a parte de trás da colher na mistura e passar o dedo levemente fazendo um “caminho”, ele se mantém sem escorrer.
  8. Transfira o brigadeiro de café para uma travessa ou prato e deixe esfriar antes de comer.

Obs: Caso queira, pode dividir em pequenas porções e decorar como preferir. O brigadeiro de café e cacau também pode ser utilizado como recheio de bolos e tortas.


Enjoy!

Como a Medição da Quantidade de Açúcar no Fruto do Café Auxilia na Qualidade

Publicado em Tags , , , Deixe um comentário em Como a Medição da Quantidade de Açúcar no Fruto do Café Auxilia na Qualidade

O café especial possui uma doçura natural na bebida. Essa doçura vem do fruto do café e faz com que a bebida seja extremamente agradável ao paladar. É bem diferente dos cafés tradicionais. Entretanto, não é trivial atingir uma qualidade elevada como resultado final na xícara. Medir a quantidade de açúcares no fruto do café auxilia no processo de tomada de decisão para produzir excelentes cafés. 

Nesse post vamos falar sobre o Brix e como sua medição auxilia na produção de cafés de especialidade.

Medindo o Brix

Os açúcares do fruto de café, que estão presentes em forma de sólidos solúveis, podem ser quantificados através de um aparelho chamado refratômetro. O processo consiste em colocar a mucilagem do grão de café sobre o prisma azul e fechar a tampa acrílica fazendo com que o líquido espalhe bem sobre o prisma. Em outras palavras, a luz sofre refração ao atravessar o suco do fruto, é essa refração que é medida pelo refratômetro. 

Dessa maneira, basta posicionar o aparelho para receber luz e realizar a leitura no visor ótico do refratômetro. O início da marcação em azul na escala é o indicador do grau brix da amostra posicionada sobre o prisma. Quanto maior for a maturação do fruto, maior será o teor de sólido solúveis (açúcares) presente na amostra.

Veja neste vídeo com é feita a medição:

 

Auxílio na qualidade

A qualidade do café está diretamente relacionada ao ponto de maturação dos frutos, sendo que quanto maior o percentual de frutos cereja, maior a possibilidade de produzir um lote de café especial. É importante mencionar que a qualidade também está diretamente relacionada com os processos utilizados na etapa de pós-colheita. Ou seja, além de colher os frutos no ponto ideal de maturação é preciso realizar o processo de pós-colheita corretamente para se obter um café de alta qualidade.

Dessa maneira, a medição do grau brix antes da colheita é importante para auxiliar a tomada de decisão. Quanto maior o grau brix, maior a quantidade de sólidos solúveis e, consequentemente, maior a quantidade de açúcar no fruto do café. Essa doçura é fundamental para ajudar no processo de produção de cafés especiais.

Entretanto, mesmo sabendo que é preciso colher os frutos maduros e que o grau brix ajuda a definir a hora certa para iniciar a colheita, ainda existem diversas perguntas e questionamentos referentes ao grau brix e sua relação com a qualidade sensorial do café quando submetido à prova SCA.

Borém (2008) encontrou na SCA (Assessoria de Cafés Especiais) a melhor forma de se caracterizar os atributos da bebida do café. Na avaliação utilizando do protocolo SCA são aplicados conhecimentos técnicos para avaliar cada atributo do café e dar nota a cada um deles. Essas notas aplicadas são utilizadas para definir a qualidade do café.

A doçura é um dos atributos sensoriais analisados para a classificação da bebida do café. Portanto, existe a hipótese de relação entre a qualidade de bebida do café e o teor de açúcar do fruto.  Por isso, realizamos um pequeno experimento no campo para mostrar a aplicação prática do refratômetro. 

Aplicação Prática no Campo

Selecionamos algumas amostras para realizar a medição do brix e comparar alguns atributos. As amostras avaliadas por nós no campo se comportaram da seguinte forma:

1. Bourbon Amarelo – 22% brix média
2. Catuaí 62 – 21% brix média
3. Catuaí 99 – 20 % brix média
4. Catiguá MG 2 – 23% Brix média
5. Arara – a variedade não possuía o ponto de maturação adequado para medição, pois os frutos apresentavam maturação verde cana.

Apesar das cultivares apresentarem níveis de concentração de sólidos solúveis distintos, isso não  garante que as cultivares que possuem o maior grau brix apresentarão uma melhor qualidade sensorial. Novamente, é importante mencionar que os processos e procedimentos que os frutos serão submetidos no pós colheita, influenciarão diretamente na qualidade final do café produzido.

Em relação aos métodos de pós-colheita, existem diversas possibilidades para se trabalhar. Por exemplo, processamento natural, cereja descascado, honey, natural fermentado, cereja descascado fermentado. Além disso, a temperatura de secagem dos secadores, o armazenamento e o descanso dos lotes produzidos são fatores que impactam diretamente na qualidade final. 

Por isso, o conjunto de fatores e tarefas realizadas no pré e pós-colheita estão diretamente relacionada com a qualidade final dos lotes de café produzidos. 

Scholz et al. (2015), durante a análise de cafés etíopes e de cultivares de café arábica com objetivo de correlacionar os teores de sacarose com resultados de bebida do café, observaram que os resultados independem um do outro. Ou seja, obtiveram teores de valores iguais ou aproximados tanto em bebidas boas quanto em bebidas excelentes.

Por fim, o refratômetro pode ser usado para guiar o produtor em identificar o melhor momento de colher seus frutos, garantindo uma colheita no auge de maturação. Outro ponto importante para o seu uso é no controle da fermentação dos cafés. Sabendo que as leveduras presentes no processo de fermentação utilizam os açúcares como fonte de energia, podemos mapear a curva de consumo deste combustível para identificar o momento certo ou o mais adequado, para finalizar o processo de fermentação.